Aprendi a amar a Anitta

Divulgação G1

Esse ano de 2017 está sendo um ano de experimentar coisas que eu ignorava, desde a saga do Harry Potter a Anitta, a maior cantora pop internacional do Brasil - adoro esse titulo.

Dia 7 de janeiro de 2017 foi o primeiro show da Anitta do ano, advinha onde foi? aqui na Praia Grande, meu namorado comprou os ingressos e fomos, confesso que fui mais pelo fato dele ficar o tempo todo falando o quanto ela é linda  e maravilhosa, ok foi um pouco de ciumes...Mas realmente a Anitta é linda mesmo, e naquele show todas as impressões erradas que tinha sobre ela mudaram, ela é muito simpática, dança o show inteiro e bem, ELA CANTA SIM, e muito bem!!!! Deve nada para as divas pop internacional. Desde esse show comecei a acompanhar sua carreira nas redes socias, meio que ela domina muito bem!



Temos que confessar Anitta realmente é a artista pop internacional do Brasil, ela pegou as influencias gringas, leia-se norte americanas, e criou seu estilo próprio. Sem perder a identidade de menina má, meiga e abusada, como ela preferir.

Esse ano a Mulher veio para causar, em janeiro mesmo lançou o Hit louca com Simone e Simaria, que é sucesso no Brasil inteiro. Ela se joga em todos os ritmos e ao mesmo tempo deixa sua identidade nas musicas. Em sua discografia temos musicas com Rappers, MCs, cantores de reggaeton, rock e até sertanejo. Ela tem toda essa liberdade porque ela é a cara do Brasil, bem plural!

Anitta evoluiu muito, não estou falando de sua aparência física, mas em especial sobre sua polemica com a Pitty que a mesma demonstra ter progredido muito e isso é muito bom! Ninguém nasce descontruido, feminista ou etc. Fico muito feliz que ela tenha crescido nesse aspecto e hoje é uma mulher de sucesso que anda me inspirando muito! 

Atualmente ela é sua propria empresaria e provou esse ano que está indo muito bem com essa função, esse ano ela fez a proeza de lançar 3 hits em 3 linguas na mesma semana.

Switch com Iggy Azalea, Paradinha e Sua Cara com Pabllo Vittar ♥


via GIPHY
Temos que confessar, poucas pessoas no mundo conseguem fazer isso, né verdade?

Como se não bastasse ser muito boa na musica, ela é muito consciente e não nega suas raízes. Nesses últimos dias um projeto de lei que visava proibir o funk foi o assunto do momento e Anitta demonstrou toda sua revolta nas redes sociais, com argumentos lacradores.















Ou melhor não esquece hein:


Eu não sou fã de funk, mas respeito as palavras dela, o respeito é minimo que podemos dar ao nosso semelhante. Proibir um ritmo popular é proibir a cultura do Brasil. Esse pensamento arcaico de existir uma cultura melhor que a outra nos leva ao um retrocesso em uma era da evolução pensamento humano. 
Enfim o que eu quero dizer é...
"NÃO SUBESTIME A ANITTA!"

Agora fica ai com a playlist da PODEROSA


via GIPHY
Aprendi a amar a Anitta Aprendi a amar a Anitta Reviewed by Leticia Melo on 6/27/2017 12:38:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário:

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Tecnologia do Blogger.