Minha experiência com libras


A cerca de um ano, graças a uma matéria da faculdade, eu conheci a LIBRAS ou Língua Brasileira de Sinais. A língua que usamos para nos comunicar com o surdos brasileiros. No ultimo semestre a professora pediu para fazermos um texto relatando nossa experiencia e o fiz. Agora vou compartilhar com vocês.

Um novo olhar para realidade

Confesso que no começo da disciplina de LIBRAS eu fiquei com certo receio, não me considerava capaz de ser uma comunicadora eficiente, às vezes beirava há achar tudo muito “mimico”, de fato a Língua Brasileira de Sinais exige certo domínio de expressão corporal e facial, pois é fundamental na comunicação com nossos amigos surdos, portanto os estímulos visuais são essências.
A comunicação é uma necessidade humana fundamental e LIBRAS, abriu uma porta em minha mente que me fez conhecer, perceber e adentrar na comunidade surda de forma diferente, ver que existe a própria cultura surda e uma língua, não é linguagem é língua!
Como futura educadora, tenho o dever de passar adiante essa consciência que os outros, os ditos “diferentes”, também são importantes e todos tem o direito de poder se expressar naquilo que estiver em seu alcance. Sinto-me honrada em ter a oportunidade de poder fazer a diferença.
Sou muito grata por ter a oportunidade de aprender mais sobre esse universo, dentro da nossa realidade, aprender a incluir de verdade, aprender a se colocar no lugar do outro e sentir certo orgulho por conseguir comunicar uma frase.

 Considero LIBRAS mais que apenas inclusão, porém uma  ferramenta de comunicação que todos deveriam aprender. Não é sobre incluir pessoas, mas sobre comunicar-se com todos sem distinção.

No meu outro blog ate fiz uma apresentação em vídeo, você pode ver aqui
Minha experiência com libras Minha experiência com libras Reviewed by Leticia Melo on 5/17/2017 10:33:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Tecnologia do Blogger.